Archive for the 'Opinião' Category

Jazz no Câmara Clara

Aconselho vivamente a todos os interessados no Jazz a visualização do vídeo que está no site do programa Câmara Clara da RTP2.

picture-14

Vejam aqui

Novo site de Jazz – JAZZ XXI

Jazz XXI, assim se chama o site de Paulo Barbosa, crítico de Jazz na revista Jazz.pt e também no suplemento Ípsilon do jornal Público.

Screenshot:

picture-13

51º Grammy Awards (Jazz)

Foi no passado dia 8 de Fevereiro que foram entregues os Grammy Awards, prémios que distinguem os músicos que mais se destacaram no ano de 2008 nas diversas categorias (Rock, Pop, Metal, Jazz, Country, etc.). No que diz respeito ao Jazz, esta é a lista com os vencedores (a cores):

Best Contemporary Jazz Album:

Randy In Brasil
Randy Brecker
[MAMA Records]

Floating Point
John McLaughlin
[Abstract Logix]

Cannon Re-Loaded: All-Star Celebration Of Cannonball Adderley
(Various Artists)
Gregg Field & Tom Scott, producers
[Concord Jazz]

Miles From India
(Various Artists)
Bob Belden, producer
[4Q/Times Square Records]

Lifecycle
Yellowjackets Featuring Mike Stern
[Heads Up International]

Continue a ler ’51º Grammy Awards (Jazz)’

Ciência poderá explicar Improvisação no Jazz?

De acordo com estudos recentes, os músicos de jazz desligam inconscientemente regiões do cérebro que dizem respeito à auto-censura e inibição e ligam aquelas que estão ligadas à expressão da própria personalidade. Para isso, os cientistas responsáveis pelo estudo usaram ressonância magnética em tempo real para analisar o cérebro dos músicos enquanto tocavam num teclado especialmente criado para esse efeito.

“Os cientistas descobriram que o córtex pré-frontal dorso-lateral (vasta porção frontal do cérebro que se estende pelos lados) mostrava um abrandamento de actividade durante a improvisação. Esta área está ligada ao planeamento de acções e à auto-censura, tal como o escolher cuidadoso das palavras numa entrevista de emprego. Desligar esta área pode levar a menos inibições, sugeriu Charles Limb, um dos cientistas responsáveis do estudo.
Continue a ler ‘Ciência poderá explicar Improvisação no Jazz?’

Soneto da Fidelidade (Dia Mundial da Poesia)

Soneto da Fidelidade

De tudo ao meu amor serei atento
Antes, e com tal zelo, e sempre, e tanto
Que mesmo em face do maior encanto
Dele se encante mais meu pensamento.

Quero vivê-lo em cada vão momento
E em seu louvor hei de espalhar meu canto
E rir meu riso e derramar meu pranto
Ao seu pesar ou seu contentamento

E assim, quando mais tarde me procure
Quem sabe a morte, angústia de quem vive
Quem sabe a solidão, fim de quem ama

Eu possa me dizer do amor (que tive):
Que não seja imortal, posto que é chama
Mas que seja infinito enquanto dure.

Vinicius de Moraes

Hot Clube de Portugal faz 60 anos

O Hot Clube de Portugal cumpre na quarta-feira 60 anos de vida, passados numa cave lisboeta com uns escassos 48 metros quadrados apinhados de música e de histórias que fazem a História do Jazz em Portugal. Apesar de a cave na Praça da Alegria ser o local mais conhecido, as primeiras instalações do Hot Clube de Portugal foram em casa de Luís Villas-Boas, o fundador e sócio número um deste clube nocturno.

“O Hot Clube só teve existência legal em 1950, quando o governador civil aprovou os estatutos. De 1948 a 1950 andámos a discutir os estatutos e a sede era em casa do Villas-Boas“, recordou Bernardo Moreira, antigo contrabaixista e presidente do clube desde 1992.
Continue a ler ‘Hot Clube de Portugal faz 60 anos’

“Há Festivais de Jazz a mais em Portugal”

O presidente do Hot Clube de Portugal, Bernardo Moreira, diz que nem tudo está bem no jazz em Portugal, padece de excesso de oferta de festivais e de falta de espaços onde os músicos possam tocar. “A carência do músico português é não ter onde tocar todos os dias. O Hot [Clube] e o B Flat [de Matosinhos] cumprem o seu papel, mas era preciso criar um circuito maior”, disse o antigo contrabaixista do Quarteto Hot Clube.


Foto de João Moreira dos Santos (JNPDI!)

Actualmente existem dezenas de festivais de jazz de norte a sul do país e uma agenda de concertos de artistas internacionais, como o Seia Jazz & Blues, o INJazz, o Jazzn´Gaia, o Estoril Jazz, o Festival de Valado dos Frades ou o Festival de Portalegre.
Continue a ler ‘“Há Festivais de Jazz a mais em Portugal”’

Balanço (positivo) da 1ª edição do Portugal Jazz

A organização do Portugal Jazz – Festival Itinerante de Jazz fez um balanço «muito positivo» da primeira edição do evento, que levou concertos a 23 municípios e fez acções pedagógicas com mais de 2.000 jovens em oito meses. Em declarações à Agência Lusa, Pedro Rocha Santos, mentor e director do festival, que encerrou terça-feira (4 de Dezembro) com um concerto no Centro Cultural de Belém, indicou que já foram iniciados contactos para a segunda edição do evento, cujo objectivo é chegar a 80 autarquias do país em 2008. O também presidente do Jazz ao Centro Clube (JACC) recordou que o projecto arrancou no ano passado com o objectivo de mostrar o jazz criado por grupos portugueses e músicos estrangeiros a residir em Portugal, acompanhando os concertos com acções pedagógicas.

Continue a ler ‘Balanço (positivo) da 1ª edição do Portugal Jazz’

“King Lovano” (Expresso.pt)

O saxofonista tenor americano deu na Aula Magna um extraordinário concerto

Muitos estão apreensivos quanto à sucessão do grande Sonny Rollins. Pelo concerto da Aula Magna no dia 19, no meu caso, já sei que Joe Lovano está na linhagem da grande tradição dos saxofonistas tenores de som monstruoso e dominador, dos improvisadores que não cessam de espantar com a fluência e torrente das suas improvisações. É diferente vê-lo com o seu noneto ou noutro conjunto, com o impacto que causa à testa de um quarteto. A sua atitude, os gestos que acompanham o seu som, a sua movimentação e dança estão na esteira dos grandes saxofonistas negros que terá ouvido nos seus anos de formação. Com Lovano, não se trata de ser intenso como Coltrane ou cerebral como Shorter, com Lovano é a simplicidade de acção que domina, a coerência das linhas quantas vezes complexas, o swing abrasador e a emotividade do timbre.

Continue a ler ‘“King Lovano” (Expresso.pt)’

1 ano

Blog - logo2

Há precisamente 1 ano atrás, numa daquelas conversas de café com um amigo, falávamos sobre blogs, o dele mais precisamente, e que ele o usava para falar daquilo que mais gosta, neste caso, essencialmente sobre a 7ª arte, então lembrei-me de fazer o mesmo. Foi então criado o All That Jazz com o intuito de tentar manter um blog actualizado sobre Jazz. Na altura o meu modelo de blog era o Improvisos Ao Sul pois era o único que conhecia e que era actualizado frequentemente. Claro que, com o tempo, fui descobrindo muitos outros.

Continue a ler ‘1 ano’


Translate to English

Agenda

de 5 a 14 de Março - BragaJazz 2009 +info
27 e 28 de Fev | 6 e 7 de Mar - Seia Jazz & Blues 2009 +info
11 de Março - Wayne Shorter Quartet @ Casa da Música
14 de Março - Jeffery Davis @ Casa da Música


Para mais informações sobre os Clubes de Jazz acima mencionados, confiram o post sobre Clubes de Jazz em Portugal

Sugestões ou Críticas

Qualquer dica ou sugestão que tenham, assim como críticas ao blog, por favor enviem-me um E-mail para Enviar Mail

a

Calendário

Junho 2022
S T Q Q S S D
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  

Quem me visita

Estatísticas

  • 213.599 Visitas