17ª edição do Jazz no Parque (Serralves)

A edição de 2008 do Jazz no Parque vai pôr em confronto em Serralves a cena musical europeia e norte-americana. Com programação de António Curvelo, o Jazz no Parque realiza-se este ano nos dias 12, 19 e 26 de Julho, no Ténis de Serralves.

A abrir o festival, no dia 12 de Julho, o trio do pianista norte-americano Steve Kuhn actua pela primeira vez em Serralves. Kuhn traz consigo um baterista histórico, Joey Baron, cuja presença constitui um motivo de especial atracção da 17ª edição do Jazz no Parque.

A representação portuguesa chega-nos no dia 19 de Julho, com a actuação do quarteto de André Fernandes, uma presença já regular no Jazz no Parque. Desta vez, André Fernandes apresenta-se como líder da sua formação musical, sendo acompanhado pelo piano de Mário Laginha, pelo contrabaixo de Nélson Cascais e pela bateria de Alexandre Frazão.

A fechar, no dia 29 de Julho, apresenta-se um dos músicos mais influentes do jazz europeu, Michel Portal. Portal foi um precursor do novo jazz. A seu lado estarão Daniel Humair e Bruno Chevillon (que o público do Jazz no Parque já teve a oportunidade de conhecer) e ainda o saxofonista norte-americano Tony Malaby, uma referência obrigatória do jazz nova-iorquino contemporâneo. (texto da organização)

Programação:

dia 12 de Julho – Trio Steve Kuhn
Início 18:00h | Entrada 10€

O concerto de abertura, com o trio de Steve Kuhn é uma estreia em Serralves. Reconhecido como um dos mais importantes sobreviventes dessa época única que assinalou a passagem do bebop para um futuro cujos horizontes foram rasgados pelo free jazz, Steve Kuhn é dono de um currículo profissional que vale como um verdadeiro “who’s who” da história do jazz moderno.

Steve Kuhn não tem sido, infelizmente, visita assídua dos palcos portugueses. Com aquela fascinante, porque inigualável, (in)certeza inerente aos concertos de jazz, a sua presença em Serralves, onde reencontrará Joey Baron, será uma rara oportunidade para aplaudir um trio que se pode (e deve) ouvir, em simultâneo, como uma identidade colectiva e uma soma de individualidades originais.

Ficha Técnica:
Piano – Steve Kuhn
Contrabaixo – David Finck
Bateria – Joey Baron

dia 19 de Julho – Quarteto André Fernandes
Início 18:00h | Entrada 10€

Nas mais recentes edições, o guitarrista André Fernandes (n. Lisboa, 1976) tem sido uma presença regular no de Jazz no Parque. Em 2002 liderou, com Nuno Ferreira, um inovador projecto dedicado a Lennie Tristano. Em 2006 integrou o quinteto de Nelson Cascais e reincidiu em 2007 como convidado da Orquestra de Jazz de Matosinhos, num concerto com música e direcção do baterista John Hollenbeck.

Do regresso de André Fernandes em 2008 se poderá dizer, mais uma vez, que nada será como antes. No seu actual quarteto abundam argumentos de força, a começar pela presença de um piano entregue a (que o mesmo é dizer inventado por) Mário Laginha. Os ouvintes do primeiro disco do quarteto, Cubo, sabem que os méritos de compositor de André Fernandes crescem a par do seu talento de aglutinador musical e de intérprete.

Ficha Técnica:
Guitarra – André Fernandes
Piano – Mário Laginha
Contrabaixo – Nélson Cascais
Bateria – Alexandre Frazão

dia 26 de Julho – Quarteto Michel Portal
Início 18:00h | Entrada 10€

Michel Portal poderia simbolizar um dos veios mais ricos e representativos do jazz contemporâneo, onde os grandes líderes não se esgotam num único projecto, antes partilham a pluralidade de caminhos, a diversidade estética e a independência conceptual. O jazz e a música erudita (clássica e contemporânea) conviveram sempre na sua vida musical. Aos 73 anos, a definição possível do multi-instrumentista Portal seria a de (re)inventor de si próprio como homem repartido que se sente uno e indivisível.

No quarteto de Portal, o público do Jazz no Parque irá rever dois amigos do peito, Daniel Humair e Bruno Chevillon, e descobrir uma futura amizade – o saxofonista Tony Malaby, que é já um nome firme do jazz contemporâneo. Da Liberation Music Orchestra à Electric Bebop Band, dos grupos de Mario Pavone ao quinteto de Fred Hersh, de William Parker e Marty Ehrlich a Tim Berne e Drew Gress, a presença de Malaby é um certificado de qualidade e honestidade criativas.

Ficha Técnica:
Saxofone alto, bandoneon e clarinete – Michel Portal
Saxofone – Tony Malaby
Contrabaixo – Bruno Chevillon
Bateria – Daniel Humair

Mais Informações:

. Press Release (Introdução)
. Press Release (Programa)

Fonte: Jazz no Parque – Fundação de Serralves

Anúncios

0 Responses to “17ª edição do Jazz no Parque (Serralves)”



  1. Deixe um Comentário

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




Translate to English

Agenda

de 5 a 14 de Março - BragaJazz 2009 +info
27 e 28 de Fev | 6 e 7 de Mar - Seia Jazz & Blues 2009 +info
11 de Março - Wayne Shorter Quartet @ Casa da Música
14 de Março - Jeffery Davis @ Casa da Música


Para mais informações sobre os Clubes de Jazz acima mencionados, confiram o post sobre Clubes de Jazz em Portugal

Sugestões ou Críticas

Qualquer dica ou sugestão que tenham, assim como críticas ao blog, por favor enviem-me um E-mail para Enviar Mail

a

Calendário

Julho 2008
S T Q Q S S D
« Jun   Ago »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  

Quem me visita

Estatísticas

  • 209,732 Visitas

%d bloggers like this: