Viseu a 15 do 6

VISEUA15DO6“É feito para a cidade, com a cidade e a pensar na cidade. Aliás, os concertos vão decorrer, precisamente, no coração de Viseu. Trata-se de um evento em construção que se, este ano incide mais sobre a música, no próximo pode estender-se ao teatro, ao novo circo ou outras artes perfomativas. Em comum, todas as edições do VISEUA15DO6 vão ter a cidade que acolhe, que recebe em pleno quem a visita. Em 2007 são assim lançadas as sementes que permitirão evoluir para uma fórmula inovadora e original de fruição cultural. No futuro, o objectivo é que a cidade se organize para levar à expressão máxima para o conceito de dinâmica cultural e hospitalidade.”

Os bilhetes podem ser adquiridos na bilheteira do Teatro Viriato e na FNAC em Coimbra, Porto (Norteshopping e Santa Catarina) e Lisboa (Chiado e Colombo) e em http://www.plateia.iol.pt. Posteriormente haverá ainda um conjunto de postos de venda na cidade de Viseu: Centro Municipal de Informação Jovem, Loja do Cidadão, Atendimento Único (Câmara Municipal), Região de Turismo Dão Lafões e Irish Bar. Os bilhetes podem também ser comprados através do envio de um e-mail.

Já está disponível o Blog do Festival, onde se pode acompanhar todas as novidades relativas ao evento.

Programação:

15 de Junho

Cordel do Fogo Encantado
Adro da Sé | Início 22:00h | Preço 10€

O fogo e a força da poesia, as percussões inventivas, misturadas com doses cénicas alucinantes são a marca dos Cordel do Fogo Encantado. O quinteto de Pernambuco (Brasil) regressa a Portugal para apresentar o seu novo disco. Em Transfiguração, Lirinha (voz) e companhia mantêm as singularidades que os colocaram num lugar único no contexto da nova música brasileira. Nascido do teatro, Cordel do Fogo Encantado privilegia a força das palavras associadas a percussões, exploradas em ambiente mais contemporâneo e inventivo, de cunho rock e africano e a vibração harmónica do violão. Cada concerto é pura ferocidade rítmica, uma autêntica festa psicadélico-rural, um teatro de chamas, um circo surreal.

Ficha Técnica:
Voz e pandeiro – José Paes de Lira
Violão e voz – Clayton Barros
Percussão e voz – Emerson Calado, Nego Henrique, Rafa Almeida

Daltonic Brothers & Dezperados
Largo da Misericórdia | Início 00:00h

Os filmes de Daltonic Brothers, duo de manipulação de imagem e animação e as misturas musicais de Dezperados numa noite de vídeo e música. Dos Daltonic Brothers serão vistos pequenos filmes experimentais, na sua maioria filmados em Super 8 e editados em vídeo, onde se exploram diversas técnicas como o time lapse, o filme riscado e pintado, o stop motion. Pretendem-se efeitos anestésicos, hipnóticos ou excitantes, por vezes irónicos. Já da dupla de Dj’s Dezperados, espera-se a vibração e emotividade a que habituaram o público, numa sessão de pura improvisação.

Mais Valor
Teatro Viriato | Início 00:00h

Major Alvega, Bastardos do Cardeal e Lucre tia Divina. Em comum, todos estes projectos musicais têm um nome: José Valor, músico e técnico de produção vídeo que, na década de 90, desempenha um papel único na descolagem de Viseu, nas áreas da música e vídeo. Nascido em 1964, José Valor (1964/2004) impulsionou e integrou várias bandas que despoletaram precisamente, na década de 90. Entre elas, Major Alvega, cuja música era classificada pela crítica como “uma pop apoiada na electrónica” que traduz “uma miscelânea estética e estilística que nos deixa auditivamente extasiados”. Às gerações futuras deixou um legado artístico ímpar de música, vídeo e fotografias, agora recuperado numa sessão vjing do colectivo VJ Fluxodigital e dos DJ’s Deep Delight, que conviveram de perto com José Valor.

16 de Junho

Anonima Nuvolari
Ruas de Viseu / Parque Aquilino Ribeiro | Início 11:00 / 17:00

Preconizam a música italiana na sua vertente mais alegre e dinâmica, Anonima Nuvolari é um grupo de músicos italianos residentes em Portugal e provenientes de diferentes experiências musicais. O espírito boémio dos intérpretes, proporciona à performance uma natureza de cabaret musical, numa viagem através dos últimos 50 anos da canção italiana, desde Renato Carosone, Fred Buscaglione, Adriano Celentano, Paolo Conte e Vinicio Capossela, numa interpretação que farão pelas ruas da cidade de Viseu e no Parque Aquilino Ribeiro, repleta de genuinidade e simpatia.

Ficha Técnica:
Acordeão e voz – Donatello Nuvolari
Guitarra e voz – Mick Nuvolari
Saxofone – Sérgio Nuvolari
Percussão – Beniamino Nuvolari

Nobody’s Bizness
Teatro Viriato | Início 18:30h | Preço 5€

Sempre contagiante, Nobody’s Bizness pro põe um regresso à tradição do blues acústico. O repertório da banda mergulha nas raízes da música-mãe do jazz, do blues rural, cru e acústico do início do século, recuperando nomes menos conhecidos, mas nem por isso menos importantes, personagens que deram vida ao blues tal como o conhecemos hoje, desde Robert Johnson e Tampa Red a Ida Cox e Alberta Hunter, passando pela incontornável Bessie Smith, por Willie Dixon, Skip James ou pelo gigante Muddy Waters. O melhor do blues do Delta do Mississipi pela voz Petra e de Catman, as cordas de Luís Ferreira, Pedro Ferreira e Luís Oliveira e a bateria de Isaac Achega.

Ficha Técnica:
Voz – Petra
Guitarra – Luís Ferreira
Voz, harmónica e piano – Catman
Guitarras e Coro – Pedro Ferreira
Baixo e Coro – Luís Oliveira
Bateria e percussão – Isaac Achega

Mountain Tales
Adro da Sé | Início 22:00h | Preço 10€

Mountain Tales é um encontro entre culturas, sob o denominador comum da música. O coro feminino Angelite (Bulgária), o grupo Huun-Huur-Tu (Tuva) e o Moscow Art Trio (Rússia) juntam-se num projecto em que musicalmente, a afinidade é evidente, sobretudo, na técnica vocal utilizada, o ancestral canto gutural, estranho mas sublime, em que se produzem três tons diferentes simultaneamente. Este concerto das fenomenais vozes búlgaras Angelite, dos exímios Huun-Huur-Tu e de uma das formações mais interessantes do Novo Jazz, Moscow Art Trio marca a estreia do projecto Mountain Tales em Portugal.

Bailarico Sofisticado
Bar do Teatro e Largo Mouzinho de Albuquerque | Início 00:00h

Festa é festa e não poderia terminar sem um bailarico. O colectivo de Dj’s Bruno Barros, Pedro Marques e Vítor Junqueira formaram o Bailarico Sofisticado em 1998 quando perceberam que numa só hora podiam misturar José Cid, Can, Clash, Skatalites e que ninguém se queixava. Durante oito anos percorreram Lisboa e não só, com discos e mais discos, do rock às músicas do mundo, do ska ao reggae, do funk ao punk, vários hits descomprometidos, numa viagem musical para abanar o corpo e a alma, sempre em nome da festa.

Ficam aqui algumas amostras do que poderão ver no Festival:

Cordel do Fogo Encantado – Preta:

Myspace

Nobody’s Bizness no 3º Aniversário da livraria A das Artes:

Myspace

Mountain Tale:

Programa: Programa Completo | Viseu a 15 do 6
Fonte: Teatro Viriato | Blog

Anúncios

0 Responses to “Viseu a 15 do 6”



  1. Deixe um Comentário

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




Translate to English

Agenda

de 5 a 14 de Março - BragaJazz 2009 +info
27 e 28 de Fev | 6 e 7 de Mar - Seia Jazz & Blues 2009 +info
11 de Março - Wayne Shorter Quartet @ Casa da Música
14 de Março - Jeffery Davis @ Casa da Música


Para mais informações sobre os Clubes de Jazz acima mencionados, confiram o post sobre Clubes de Jazz em Portugal

Sugestões ou Críticas

Qualquer dica ou sugestão que tenham, assim como críticas ao blog, por favor enviem-me um E-mail para Enviar Mail

a

Calendário

Junho 2007
S T Q Q S S D
« Maio   Jul »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  

Quem me visita

Estatísticas

  • 209,732 Visitas

%d bloggers like this: