Tejo Bar

Não sei se se lembram, mas há uns tempos para cá escrevi um post sobre as Jam Sessions e na altura pus um vídeo de um bar chamado Tejo Bar. Agora, após uma visitinha, posso dar a minha opinião sobre o bar.

Pois bem, o Tejo Bar é um bar situado no coração de Lisboa, mais concretamente, em Alfama. Uma porta normal, como de qualquer casa, com apenas um letreiro a dizer Tejo Bar, leva-nos a uma “sala” minúscula com 10 mesas (aproximadamente) e cheia de fumo. Á primeira vista poderá mesmo parecer um género de tasco ou coisa parecida, mas, depois de estar lá um bocado, reparamos que é muito, mas muito diferente de um tasco. É como se fosse uma pequena sala de convívio. Tem posters, discos, fotos, entre outras coisas, penduradas nas paredes. Tem 3 guitarras pousadas, um órgão, um baixo, que qualquer pessoa pode pegar, mesmo sem saber tocar, e começar a dedilhar.

Pois bem, para confirmar isso que me tinham dito, peguei numa guitarra para dar uns toques apesar de saber pouco. Não imaginava eu que, passados 2 minutos, ia ter um piano a acompanhar-me e pessoas a cantar. Foi simplesmente genial, o homem que me acompanhava tem, de longe, o melhor dom que já vi. Eu começei a tocar uns acordes que formavam uma música que fiz, completamente desconhecida, mas ele, depois de tocar uma vez a música, começou a acompanhar-me, perfeitamente! Enquanto eu por vezes me enganava, ele não, nunca se enganava, era como se conhecesse a música. Entretanto tinham chegado outras pessoas que pegaram nas guitarras e começaram a tocar músicas brasileiras, Bossanova e MPB. Podiam nem se conhecer mas tocavam juntos como se fossem uma banda. Toda a gente no bar a cantar músicas como, Águas de Março, afinados. Depois tocaram Stand By Me e aí então nem vale a pena dizer nada, toda a gente simplesmente cantava e eles tocavam. Lindo… Depois começaram os jogos de cartas e xadrez entre todos. Ninguém era o melhor ali, toda a gente podia ganhar e toda a gente podia perder. Basicamente, entramos no bar era meia noite e pouco (não me lembro bem) e saímos ás 5 da manhã. Devem ter sido as 5 horas mais bem passadas e rápidas de toda a minha vida. Para quem gosta do ambiente é obrigatório ir. E, é preciso dizer que, não chegou a acontecer a que todos dizem ser, a melhor parte da noite, onde um senhor pega numa guitarra e começa a tocar e toda a gente a cantar uma música esquisita e a declamar poemas. Tive pena de não poder assistir a isso mas ficará para uma próxima, certamente.

Deixo aqui o mesmo vídeo do outro post porque aqui está melhor inserido:

About these ads

12 Responses to “Tejo Bar”


  1. 1 Tiago Pregueiro 18 Dezembro 2006 às 22:05

    Quando for à capital também quero ver isso… ta bem primaço? Tou a contar ctg para me levares lá! ;)

    Bom post! ;)

    P.S.: Aguas de Março – Grande música!!!

  2. 2 Manuel Jerónimo 18 Dezembro 2006 às 22:15

    Ta certo ta certo! fica prometido, mas tens de ca vir para isso acontecer!

    Abraço Primao!

    Ps- Ja te sinto falta

  3. 4 Diana Oliveira 21 Dezembro 2006 às 14:09

    Isso é que passar uma noite divertida!!

    Quando fui ai levaram-me po antigo bairro das messalinas! E a um bar de sandes, onde inclusive fomos todos maltratados! Já o Pedro é levado a bares alternativos espectaculares para passar noites inesqueciveis! Manel, se não querias que eu voltasse a Oeiras, podias me ter dito!! =PPPPP jk

    Parece-me que passaste mesmo uma grande noite!! :D

  4. 5 Dandy 06 Março 2007 às 20:41

    Saudações. Pelo tom da conversa creio que tiveste um encontro com o Aires no orgão :) Ele não sabe tocar, mas tem MUITO bom ouvido! :) Estou a meter alguns videos do Tejo Bar online, dá uma espreitadela em http://www.myspace.com/tejobar

  5. 6 Pedro Pregueiro 06 Março 2007 às 23:18

    O Aires é o irmão da namorada do meu primo :D. Foi ele que me levou lá… Ao melhor bar de sempre… Já fui ver o site e fiquei com uma vontade de enorme de lá voltar :P. Espero voltar dentro em breve :D. Parabéns pelo site.

  6. 7 Andre F. 19 Julho 2007 às 11:36

    O bar é fixe e tem muita manina á solta, á procura! E fechando portas a festa continua em casas alheias, do melhor. Grandes madrugadas.

  7. 8 Rosadinha 19 Outubro 2007 às 13:05

    Sò tenho mesmo a dizer que a primeira vez que entrei no Tejo senti exactamente o mesmo e desde esse dia nunca mais deixei de lá ir :)

  8. 9 Pedro Pregueiro 19 Outubro 2007 às 21:31

    É mesmo um bar muito acolhedor e, caso não morasse a 300 Km daí, também eu estaria aí sempre. :P

  9. 10 Tiago Oleirinha 09 Outubro 2012 às 22:34

    gosto muito do tejo bar sintome em casa é brutal!!!!!
    para mim é o bar dos artistas escondidos que se libertao no tejo bar!!!
    Abraço a todos

  10. 12 blackshot hack unlimited weapon 30 Setembro 2014 às 19:42

    At this time it sounds like BlogEngine is the best blogging
    platform out there right now. (from what I’ve read) Is that what you’re using on your blog?


Deixar uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Modificar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Modificar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Modificar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Modificar )

Connecting to %s




Translate to English

Agenda

de 5 a 14 de Março - BragaJazz 2009 +info
27 e 28 de Fev | 6 e 7 de Mar - Seia Jazz & Blues 2009 +info
11 de Março - Wayne Shorter Quartet @ Casa da Música
14 de Março - Jeffery Davis @ Casa da Música


Para mais informações sobre os Clubes de Jazz acima mencionados, confiram o post sobre Clubes de Jazz em Portugal

Sugestões ou Críticas

Qualquer dica ou sugestão que tenham, assim como críticas ao blog, por favor enviem-me um E-mail para Enviar Mail

a

Calendário

Dezembro 2006
S T Q Q S S D
« Nov   Jan »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Quem me visita

Estatísticas

  • 202,828 Visitas

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

%d bloggers like this: